As relações econômicas entre China e África: uma perspectiva sistêmica

  • Helton Ricardo Ouriques Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Palavras-chave: China-África, Análise dos Sistemas-Mundo, Economia Política Internacional

Resumo

Este artigo pretende discutir as relações econômicas entre China e África a partir dos anos 2000, com base em informações e dados estatísticos que evidenciam a crescente importância da presença chinesa no continente africano. Também pretende, dentro da perspectiva sistêmica, apresentar uma contribuição ao assunto, para além do debate existente na literatura acerca dos riscos e oportunidades dessa relação para os países africanos.Recebido em: 30 maio 2014Aprovado em: 01 out. 2014

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helton Ricardo Ouriques, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
Professor do Departamento de Economia e Relações Internacionais da UFSC e do Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da UFSC

Referências

AJAKAIYE, Olu. China and Africa: opportunities and challenges. 2006. A presentation at the African Union Task Force. Addis Abeba, Ehiopia, 14 p.

ALDEN, Chris. China y África: un espejo distante para América Latina. 2012. In: Colombia International, 75, p. 19.47.

_____. China in Africa. Survival: Global Politics and Strategy. 2005. London, 47:3, p. 147-164.

ARRIGHI, Giovanni. A ilusão do desenvolvimento. 1997. Petrópolis, Vozes.

_____. A crise africana: aspectos regionais e sistêmicos do mundo. 2006. In: Contragolpes. Seleção de artigos da New Left Review. São Paulo, Boitempo, p. 31-60.

_____. Globalização e desenvolvimento desigual. 2007. In: Revista de Estudos e Pesquisas sobre as Américas. Volume 1, n. 1, 24p.

_____. Adam Smith em Pequim. 2008. São Paulo, Boitempo.

BANCO MUNDIAL. Una nueva geografía económica. 2009. Washington, Informe sobre el desarrollo mundial. Disponível em www.worldbank.org

BBVA Research. Economic Watch: China. 2013. Hong Kong, Disponível em www.bbvaresearch.com

BP Statistical Review of World Energy 2013. 2013. Londres, Disponível em www.bp.com/statisticalreview

BURGOS, Sigfrido and EAR, Sophal. China’s oil hunger in Angola: history and perspective. 2012. In: Journal of Contemporary China, 21(74), p. 351-367.

CAMPBELL, Horace. China in Africa: challenging US global hegemony. 2008. In: Third World Quarterly, Vol. 29, n. 1, p. 89-105.

CANIGLIA, Laura. Western ostracism and China’s presence in Africa. 2011. In: China Information, 25, n. 2, p. 165-184.

CASTELLS, Manuel. Fim de milênio. 1999. São Paulo, Paz e Terra.

CARMODY, Padraig e OWUSU, Francis. A expansão da China para a África: interesses e estratégias. 2011. In: A China na nova configuração global: impactos políticos e Econômicos. Brasília, IPEA, p. 235-267.

CUNHA, André M. A China e o Brasil na nova ordem internacional. 2011. In: Revista de Sociologia e Política, Curitiba, volume 19, número suplementar, p. 9-29.

_____. A ascensão da China à condição de potência econômica: há algo de novo no modelo asiático? 2008. In: Anais do XIII Encontro Nacional de Economia Política. João Pessoa.

EDOHO, Felix. Globalization and marginalization of Africa: contextualization of China – Africa relations. 2011. In: Africa Today, volume 58, n. 1, p. 102-124.

EISENMAN, Joshua. China – Africa trade parterns: causes and consequences. 2012. In: Journal of Contemporany China, 21 (77), september, p. 793-810.

FENBY, Jonathan. The Penguin History of Modern China – The fall and rise of a great Power 1850-2009. 2009. London, Penguin Books.

FMI. Sub-Saharian Africa: Keeping the Pace. 2013. Washington. Disponível em www.imf.org

HASNAT, Baban. The Us and Chinese Foreign Direct Investment in Africa. 2013. In: China-USA Business Review. Vol. 12, n. 8, p. 735-745.

HO-FUNG, Hung. O Braço Direito dos Estados Unidos? O Dilema da República Popular da China. 2011. In: Novos Estudos CEBRAP, número 89.

_____. Rise of China and the global overaccumulation crisis. 2008. In: Review of International Political Economy, 15:2, p. 149-179.

HUGON, Philippe. Geopolítica da África. 2009. Rio de Janeiro, Editora da FGV.

KI-ZERBO, J. (org.). História geral da África. 2010. Brasília, UNESCO, volumes 1 a 8.

KOBYLINSKI, Katarina. Chinese investment in Africa: checking the facts and figures. 2012. In: Association for International Affairs. Briefing Paper 7, july 2012.

LUMUMBA-KASONGO, Tukumbi. China – Africa relations: a new-imperialism os a new-colonialism? A reflexion. 2011. In: African and Asian Studies, 10, p. 234-266.

MEDEIROS, Carlos Aguiar de. A China como um duplo polo na economia mundial e a recentralização da economia asiática. 2006. In: Revista de Economia Política, vol. 26, n. 3, p.381-400, São Paulo.

MICHEL, Serge. When China met Africa. In: Foreign Police, n. 166, May 2008.

MUEKALIA, Domingos J. Africa and China’s strategic partnership. In: African Security Review, v. 13, n. 1, p. 5-12, 2004.

OLIVEIRA, Amaury Porto de. A política africana da China. 2008. In: Anais da II Conferência Nacional de Política Externa e Política Internacional : o Brasil no mundo que vem aí. Brasília, Fundação Alexandre de Gusmão.

OURIQUES, Helton R.; VIEIRA, Pedro A.; ARIENTI, Patrícia F. F. O fundo soberano chinês como instrumento da estratégia de desenvolvimento. 2013. In: Revista da Sociedade Brasileira de Economia Política. São Paulo, n. 36, p. 31-62.

PAUTASSO, Diego. A economia politica internacional da China para angola e os caminhos da transição sistêmica. 2010. In: Século XXI: revista de relações internacionais. Escola Superior de Propaganda e Marketing do RS. Volume 1, n. 1, p. 107-126.

PROENÇA, Adriano et alli. Tecnologia e competitividade em setores básicos da indústria chinesa: estudos de caso. 2011. Rio de Janeiro, COPPE/UFRJ, vols. 1 e 2.

RENARD, Mary-Françoise. China’s trade and FDI in Africa. 2011. In: African Development Bank Group. Working Paper n. 126, 37 p.

SAUTMAN, Barry and HAIRONG, Yan. African perspectives on China – Africa links. 2009. In: the China Quarterly, n. 199, p. 728-759.

The China Analyst. 2013. Hong Kong, The Beijing Axis.

UNCTAD. Handbook of Statistics. 2013. Disponível em www.unctad.org

_____. Bilateral FDI Statistics 2014. Disponível em www.unctad.org

VINES, Alex. China in Africa: a mixed blessing? 2007. In: Current History, 9. 213-219.

WALLERSTEIN. Immanuel. O declínio do poder americano. 2004. São Paulo, Contraponto.

Como Citar
Ouriques, H. R. (1). As relações econômicas entre China e África: uma perspectiva sistêmica. Carta Internacional, 9(1), 19-43. Recuperado de https://www.cartainternacional.abri.org.br/Carta/article/view/122
Seção
Artigos