O governo Lula em face dos desafios sistêmicos de uma ordem internacional em transição

  • José Augusto Guilhon Albuquerque Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Brasil, política externa brasileira, Lula da Silva

Resumo

Neste artigo tentarei, inicialmente, caracterizar o atual período de transição na ordem internacional em termos de processos inéditos ou que se desenvolveram com novo vigor desde o fim da Guerra Fria. Em seguida, tratarei de mostrar como tais processos contribuem para a emergência de novos desafios sistêmicos para os quais os Estados devem encontrar solução, examinando, além disso, se o pós-Guerra Fria também trouxe desafios originados em mudanças de regime e de lideranças. Na terceira seção, procurarei mostrar como a política externa brasileira reagiu, durante os anos 80 e 90, à emergência desses novos desafios. Finalmente, tentarei analisar como o governo Lula redirecionou a política externa

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Augusto Guilhon Albuquerque, Universidade de São Paulo
Diretor de Pós-graduação e Pesquisa e Coordenador do Bacharelado em Diplomacia e Relações Internacionais da Universidade São Marcos, foi fundador e coordenador científico do NUPRI e é Professor titular aposentado da Universidade de São Paulo
Publicado
03-10-2015
Como Citar
Guilhon Albuquerque, J. A. (2015). O governo Lula em face dos desafios sistêmicos de uma ordem internacional em transição. Carta Internacional, 1(1), 13-21. Recuperado de https://www.cartainternacional.abri.org.br/Carta/article/view/250
Seção
Artigos