A Coluna Prestes e as relações Brasil-Argentina na década de 1920

  • Mateus Fernandez Xavier Ministério das Relações Exteriores - Itamaraty Universidade de Brasília - UnB
Palavras-chave: Coluna Prestes, política externa brasileira, movimentos revolucionários, repressão, Ministério das Relações Exteriores, Argentina

Resumo

O presente artigo tem como objetivo apontar as influências da Coluna Prestes sobre a política externa brasileira da década de 1920 para a Argentina. Por meio da análise do contexto político, social, econômico e internacional do país, foi possível compreender as condicionalidades impostas à atuação externa do Brasil. A apresentação da configuração do Exército Brasileiro e dos movimentos subversivos que tiveram origem no interior dessa instituição também forneceu elementos importantes para o estabelecimento da relação existente entre a Coluna Prestes e as medidas tomadas pelas chancelarias de Félix Pacheco e, em menor medida, de Otávio Mangabeira. Por meio da correlação de dados e informações levantados foi possível perceber como o Ministério das Relações Exteriores foi utilizado como instrumento de repressão a movimentos que contestaram a ordem oligárquica da República Velha.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mateus Fernandez Xavier, Ministério das Relações Exteriores - Itamaraty Universidade de Brasília - UnB
Doutorando em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília, possui mestrado em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (2011), mestrado em Diplomacia pelo Instituto Rio Branco (2011), graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Minas Gerais (2006) e graduação em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (2004). Diplomata de carreira, trabalha atualmente em Brasília.

Referências

FONTES PRIMÁRIAS

MENSAGENS PRESIDENCIAIS

BRASIL. Mensagem Presidencial: 1917 a 1931. Disponível em < http://www.crl.edu/pt-br/brazil/presidential >. Acesso em 15 de novembro de 2010.

RELATÓRIOS MINISTERIAIS

BRASIL. Ministério das Relações Exteriores. Relatório apresentado ao Presidente da República pelo ministro de Estado das Relações Exteriores. Rio de Janeiro: Imprensa Nacional, 1917-1931. Disponível em < http://www.crl.edu/pt-br/brazil/ministerial/relaçoes_exteriores >. Acesso em 15 de novembro de 2010.

ARQUIVO HISTÓRICO DO ITAMARATY

Escritório Regional do Ministério das Relações Exteriores no Rio de Janeiro

Correspondências:

· Missão diplomática brasileira em Buenos Aires

Telegramas Recebidos: 1924 (208/2/3), 1925-1926 (208/2/4), 1927 (208/2/5), 1928-1929 (208/2/6).

Telegramas Expedidos: 1921-1926 (208/3/1), 1927-1929 (208/2/6).

· Missão diplomática brasileira em Montevidéu

Ofícios: 1922 (223/3/1)

· Missão diplomática brasileira em Assunção

Telegramas Recebidos: 1917-1926 (202/2/1)

· Outros documentos relacionados, separados por organização temática:

Lata 46, maço 377

Lata 183, maço 3039

Lata 471, maço 7203

Lata 478, maço 7453

Lata 518, maço 8427

DOCUMENTÁRIOS

O Velho: A História de Luiz Carlos Prestes. Direção: Toni VENTURA, 105 minutos. Rio de Janeiro. 1997.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

BREDA DOS SANTOS, Norma. Diplomacia e fiasco. Repensando a participação brasileira na Liga das Nações: elementos para uma nova interpretação. Rev. bras. polít. int. [online], vol.46, n.2, pp. 87-112, 2003. Disponível em <http://www.scielo.br/pdf/rbpi/v46n2/v46n2a04.pdf>. Acesso em 05 de Jan. de 2014.

BUENO, Clodoaldo. Política externa da Primeira República: os anos de apogeu (1902 a 1918). São Paulo: Paz e Terra, 2003.

CARONE, Edgard. A República Velha – instituições e classes sociais. 2ª ed. São Paulo: Rio de Janeiro: DIFEL, 1972.

CARONE, Edgard. A Primeira República: 1889-1930. 2ª ed. São Paulo: DIFEL, 1974a.

CARONE, Edgard. A República Velha – evolução política. 2ª ed. São Paulo: Rio de Janeiro: DIFEL, 1974b.

CARONE, Edgard. O Tenentismo – Acontecimentos, Personagens, Programas. Rio de Janeiro: DIFEL, 1975.

CARVALHO, José Murilo. Forças armadas e política no Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

CARVALHO, José Murilo. Cidadania no Brasil: o longo caminho. 8ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

CERVO, Amado Luiz e BUENO, Clodoaldo. História da Política Exterior do Brasil. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1994.

CURVO, Luiz Márcio Ambrósio. Jovens, tenentes e rebeldes: a liderança da Coluna Miguel Costa – Prestes. 2005. 139f. Dissertação (Mestrado em História) – Departamento de História do Instituto Ciências Humanas da Universidade de Brasília, Brasília.

DRUMMOND, José Augusto. A coluna Prestes: rebeldes errantes. São Paulo: Brasiliense, 1999.

FAUSTO, Boris. História do Brasil. 13ª Ed. São Paulo: EDUSP, 2008.

GARCIA, Eugênio Vargas. O Brasil e a Liga das Nações (1919-1926): vencer ou não perder. Porto Alegre/Brasília: Editora da Universidade (UFRGS) / FUNAG (Fundação Alexandre de Gusmão), 2000.

GARCIA, Eugênio Vargas. A Diplomacia dos Armamentos em Santiago: o Brasil e a Conferência Interamericana de 1923. Revista Brasileira de História. vol. 46, n. 23, p. 173-200, 2003.

GARCIA, Eugênio Vargas. Entre a América e a Europa: A política externa brasileira na década de 20. Brasília: Editora Universidade de Brasília / FUNAG (Fundação Alexandre de Gusmão), 2006.

IGLESIAS, Francisco. Trajetória política do Brasil: 1500-1964. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

JANOTTI, Maria de Lourdes Monaco. Sociedade e política na Primeira República. São Paulo: Atual, 1999.

LANDUCCI, Ítalo. Cenas e episódios da revolução de 1924 e da coluna Prestes. 2ª Ed. São Paulo, Brasiliense, 1952.

LEAL, Vitor Nunes. Coronelismo, enxada e voto: o município e o regime representativo no Brasil. 3.ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1997.

LINHARES, Maria Yedda (org). História geral do Brasil. 9ª Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 1990.

MACAULAY, Neill. A coluna Prestes. 2ª Ed. São Paulo: Difel, 1977.

MCCANN, Frank D. Soldados da pátria. A história do Exército Brasileiro – 1889/1937. Rio de Janeiro: Cia das Letras, 2007.

MEIRELLES, Domingos. As noites das grandes fogueiras: uma história da Coluna Prestes. Rio de Janeiro: Record, 1997.

MOREIRA LIMA, Lourenço. A coluna Prestes. Marchas e combates. São Paulo. Editora Alfa Ômega. 1979.

PARADISO, José. Um lugar no mundo: a Argentina e a busca de identidade internacional. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

PRESTES, Anita Leocádia. A coluna Prestes. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

RAPOPORT, Mario (org.). Historia econômica, política y social de la Argentina. (1880-2000). 2ª Ed. Buenos Aires: Ediciones Macchi, 2003.

SODRÉ, Nelson Werneck. A coluna Prestes; análise e depoimentos. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1978.

SODRÉ, Nelson Werneck. A história militar do Brasil. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1979.

TÁVORA, Juarez. À guisa de depoimento sobre a Revolução Brasileira de 1924. v. 3. São Paulo: O Combate, 1928.

Publicado
30-04-2016
Como Citar
Xavier, M. F. (2016). A Coluna Prestes e as relações Brasil-Argentina na década de 1920. Carta Internacional, 11(1), 188-220. https://doi.org/10.21530/ci.v11n1.2016.261
Seção
Artigos