Conselho de Defesa Sul-Americano e a adoção de medidas de fortalecimento da confiança

  • Graciela De Conti Pagliari Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: defesa, segurança regional, Conselho de Defesa Sul-Americano, medidas fortalecimento confiança, gastos militares

Resumo

Este artigo pondera acerca da consolidação do Conselho de Defesa Sul-Americano como um espaço de construção de interesses regionais de defesa a partir da observação das medidas de fortalecimento da confiança adotadas entre os países da América do Sul. Pretende-se analisar em que medida os processos de construção de confiança estão se consolidando em âmbito multilateral regional e, portanto, permitindo as condições estruturais para que o CDS se consubstancie como marco normativo para os temas referidos, e se os esforços cooperativos até agora empreendidos são condizentes com o tamanho dos desafios regionais com os quais se deparam os países da América do Sul em termos de defesa e segurança. Busca-se avaliar se a tradicional bilateralidade ou mesmo trilateralidade se mantêm como polaridades de confiança em defesa e, neste sentido, se a multilateralidade caminha nos mesmos passos. Para tanto, a análise considerou os dados de medidas de fortalecimento da confiança consolidados na OEA e na UNASUL, especialmente referentes aos gastos militares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graciela De Conti Pagliari, Universidade Federal de Santa Catarina
Professora de Relações Internacionais da Universidade Federal de Santa Catarina

Referências

ABDUL-HAK, Ana Patrícia Neves Tanaka. 2013. O Conselho de Defesa Sul-Americano (CDS): objetivos e interesses do Brasil. Brasília: FUNAG.

BATTAGLINO, Jorge. 2009. O Brasil e a criação do Conselho de Defesa Sul-Americano: uma convergência de vantagens. Revista Nueva Sociedad, p. 79-89.

BUZAN, Barry; WAEVER, Ole. 2003. Regions and Powers: the structure of international security. Cambridge: Cambridge University Press.

CEPIK, Marco; ARTURI, Carlos S. 2011. Tecnologias de Informação e Integração Regional: Desafios Institucionais para a Cooperação Sul-Americana na Área de Segurança. DADOS – Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 54, n. 4, p. 651-691.

DONADIO, Marcela. 2011. Visões estratégicas na América do Sul. In: OLIVEIRA, Marcos Aurelio G. de (Org.). Comparando a Defesa Sul-Americana. Recife: Editora Universitária da UFPE.

FLEMES, Daniel. 2005. Notas teóricas sobre a formação de uma comunidade de segurança entre a Argentina, o Brasil e o Chile. Revista Sociologia Política, Curitiba, n. 24, p. 217-231. FRANKO, Patrice. 2003. Hacia una nueva arquitectura de la seguridad en las Américas. In: GRABENDORFF, Wolf. La seguridad regional en las Américas. Bogotá: Cerec, p. 155-168.

GRATIUS, Susanne. 2007. O Brasil nas Américas: potência regional pacificadora? Working Paper: Fundación para las Relaciones Internacionales y el Diálogo Exterior (FRIDE), Madrid, n. 35.

HEEGAARD, William. 2010. El camino largo de integración regional de defensa y seguridad: desafíos y potencialidades del Consejo de Defensa Suramericano. Independent Study Project (ISP) Colletion. Paper 1238.

HOSTI, Kalevi J. 1996. The State, War, and the State of War. Cambridge: Cambridge University Press. HURRELL, Andrew. 1998. An emerging security community in South America? In: ADLER, Emanuel; BARNETT, Michael (Ed.). Security Communities. Cambridge: Cambridge University Press.

MARES, David. 2001. Violent Peace: Militarizes Interstate Bargaining in Latin America. New York: Columbia University Press.

MARES, David. 2012. Latin America and the illusion of Peace. New York: Routledge.

ROJAS ARAVENA, Francisco. 1996. Medidas de confianza mutua y balance estratégico: un vínculo hacia la distensión y la estabilidad. In: ROJAS ARAVENA, Francisco (Ed.). Balance estratégico y medidas de confianza mutua. Santiago: FLACSO-Chile, p. 31-54.

SCHOULTZ, Lars. 2000. Estados Unidos: poder e submissão. São Paulo: EDUSC.

SILVA, Luiz Inácio Lula da. 2003. Discurso do Senhor Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Sessão de Posse, no Congresso Nacional. Brasília.

VILLA, Rafael Antonio Duarte; VIANA, Manuela Trindade. 2010. Security issues during Lula’s administration: from the reactive to the assertive approach. Revista Brasileira de Política Internacional, 53 (special edition), 91-114.

Publicado
15-12-2015
Como Citar
Pagliari, G. D. C. (2015). Conselho de Defesa Sul-Americano e a adoção de medidas de fortalecimento da confiança. Carta Internacional, 10(3), 23-40. https://doi.org/10.21530/ci.v10n3.2015.307
Seção
Artigos