O terceiro xadrez: como as empresas multinacionais influenciam as relações econômicas internacionais

  • Gilberto Sarfati Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI)

Resumo

O objetivo central deste artigo é identificar como as empresas multinacionais (EMNs) agem enquanto negociadoras nas relações econômicas internacionais. A hipótese geral a ser verificada é de que as EMNs buscam influenciar os Estados e suas coalizões utilizando-se de seu poder estrutural e de seu poder brando, nacional e transnacionalmente, de modo a afetar os interesses dos Estados e de suas coalizões. A efetividade da defesa de seus interesses depende, basicamente, da confluência dos interesses dos Estados e das empresas e da vulnerabilidade dos Estados em relação às atividades das empresas bem como da capacidade relativa das coalizões que as empresas buscam influenciar.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-10-2007
Como Citar
Sarfati, G. (2007). O terceiro xadrez: como as empresas multinacionais influenciam as relações econômicas internacionais. Carta Internacional, 2(2), 59-80. Recuperado de https://www.cartainternacional.abri.org.br/Carta/article/view/418
Seção
Artigos