G-8 e G-5: percalços da governança global

  • Luiz Augusto Souto Maior Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI)

Resumo

A segunda metade do século XX foi marcada pelo estabelecimento formal, sob a liderança dos Estados Unidos, de toda uma estrutura de governança global, política e econômica, aberta a todos os países dispostos a integrá-la e que aceitassem as normas fixadas nos respectivos instrumentos constitutivos. Órgãos como as Nações Unidas, o Fundo Monetário Internacional, o Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento, o Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT) passaram assim a disciplinar as relações políticas e econômicas de quase toda a comunidade internacional. Pode-se dizer que, praticamente, escapavam a tal disciplina apenas, na área econômica, os países de economia centralmente planificada.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
15-10-2007
Como Citar
Souto Maior, L. A. (2007). G-8 e G-5: percalços da governança global. Carta Internacional, 2(2), 81-83. Recuperado de https://www.cartainternacional.abri.org.br/Carta/article/view/422
Seção
Artigos