Mercosul, sociedade e opinião: exercícios de hegemonia na página de opinião da Folha de S. Paulo

  • Li-Chang Shuen Cristina Silva Sousa Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI)

Resumo

O Brasil é a maior economia do Mercosul1. Em termos de população, território e base industrial, o país apresenta uma ampla vantagem em relação a seus sócios (Argentina, Paraguai, Uruguai, como sócios plenos e Equador, Bolívia e Chile como associados). É possível afirmar, portanto, que a hegemonia econômica dentro do bloco é protagonizada pelo país. Tal liderança se revela incontestável quando a economia brasileira atravessa momentos de crise e suas conseqüências se refletem nos fluxos comerciais intrabloco. Quando crises econômicas acontecem nos outros países, o Brasil age como agência de socorro imediato, impedindo que tais eventos causem grandes impactos nas demais economias do bloco, a exemplo do que ocorreu com a crise argentina de 2001.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
14-10-2008
Como Citar
Silva Sousa, L.-C. S. C. (2008). Mercosul, sociedade e opinião: exercícios de hegemonia na página de opinião da Folha de S. Paulo. Carta Internacional, 3(3), 17-22. Recuperado de https://www.cartainternacional.abri.org.br/Carta/article/view/445
Seção
Artigos