Identidade nacional, política externa e guerra: a “Operação Paz para a Galileia” revisitada

  • Guilherme Casarões Faculdades Integradas Rio Branco / Fundação Getúlio Vargas

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo compreender a política externa de Menachem Begin (1977-1983),com especial foco na Operação Paz para a Galileia (1982), a partir da dinâmica entre identidade nacionale ação estatal. Parte-se da hipótese de que as relações entre Israel e a Organização para a Libertação daPalestina (OLP), cuja degeneração ao longo da década de 1970 resultou na Guerra do Líbano, representouum reflexo da identidade israelense num contexto de profundas inflexões domésticas e internacionaisrelativas à Israel. A relação entre o “self” nacional judaico/israelense e o “outro” árabe será levada emconsideração, compreendendo-se a política externa como um instrumento de alteridade, construtor defronteiras entre interno/externo, amigo/inimigo, self/outro. Analisaremos, nesse contexto, a posiçãooficial do governo israelense com relação à Guerra do Líbano a partir de um documento central do período:o discurso de Menachem Begin ao Knesset, ao fim de julho de 1982. Busca-se, com isso, identificar oselementos identitários que informam a ação externa do Estado, de forma a jogar luz sobre um dos maiscontroversos episódios da história israelense e a corroborar nossa hipótese de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Casarões, Faculdades Integradas Rio Branco / Fundação Getúlio Vargas
Professor de Relações Internacionais nas Faculdades Integradas Rio Branco e na Fundação Getúlio Vargas.É mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo e mestre em Relações Internacionais pela Universidade deCampinas (Programa San Tiago Dantas). Suas pesquisas recentes envolvem o conflito árabe-israelense e a política externa brasileirapara o Oriente Médio. O autor gostaria de agradecer ao Prof. Peter Demant por comentários a versões anteriores deste texto.
Publicado
20-12-2012
Como Citar
Casarões, G. (2012). Identidade nacional, política externa e guerra: a “Operação Paz para a Galileia” revisitada. Carta Internacional, 7(2), 99-116. Recuperado de https://www.cartainternacional.abri.org.br/Carta/article/view/60
Seção
Artigos