A declaração de Donald Trump sobre o status de Jerusalém e seu impacto no conflito Israel-Palestinal

  • Matheus de Abreu Costa Souza PUC Minas
  • Marina D'Lara Siqueira Santos PUC Minas
  • Geraldine Marcelle Moreira Braga Rosas Duarte PUC Minas

Resumo

Comumente referenciado como um conflito intratável, a disputa territorial entre Israel e Palestina já dura décadas e o seu fim não parece próximo. Este artigo investiga se há uma relação de interveniência entre o aumento da violência política no conflito Israel-Palestina, a paralisação de tentativas de negociações e o reconhecimento, por parte do presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Donald Trump, de Jerusalém como a capital simbólica de Israel. Partindo deste argumento inicial, busca-se identificar de que maneira a interferência estadunidense em um recurso central na disputa pode aumentar o número de eventosviolentos entre as partes em conflito e intensificar a natureza intratável da disputa. Levando em consideração (1) o número de eventos violentos; (2) os atores perpetradores da violência; (3) o número de fatalidades reportadas; (4) o local de ocorrência da violência; (5) os atos de violência cotidiana de israelenses contra palestinos e (6) a estagnação de negociações entre as partes em conflito, constatou-se que a interferência estadunidense na disputa entre Israel e Palestina aumentou os enfrentamentos violentos que contribuíram para a intensificação da intratabilidade do conflito.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Matheus de Abreu Costa Souza, PUC Minas
Mestre em Relações Internacionais pela PUC Minas (2018) e bacharel em Relações Internacionais (2016) pela mesma instituição. Atualmente é professor temporário do Departamento de Relações Internacionais da PUC Minas. Trabalha com temáticas relacionadas ao campo de paz e conflitos, com foco na resolução de conflitos internos e peacebuilding pós-conflito.
Marina D'Lara Siqueira Santos, PUC Minas
Graduada em Relações Internacionais pela PUC Minas (2017) e mestranda em Relações Internacionais pela mesma instituição. Trabalha atualmente com temas relacionados à Segurança Internacional, com foco no conflito entre Israel e Palestina. Atualmente é estagiária dos periódicos do Departamento de Relações Internacionais da PUC Minas, que são: Conjuntura Internacional, Estudos Internacionais e Fronteira.
Geraldine Marcelle Moreira Braga Rosas Duarte, PUC Minas
Graduada em Relações Internacionais pelo UNIBH (2006), mestre em Relações Internacionais pela PUC Minas (2009) e doutora em Geografia pela PUC Minas (2014). Atualmente é professora do Departamento de Relações Internacionais da PUC Minas, trabalhando com temas relacionados à Segurança Internacional, especialmente no que tange à análise e resolução de conflitos armados.
Publicado
03-08-2020
Como Citar
Souza, M. de A. C., Santos, M. D. S., & Duarte, G. M. M. B. R. (2020). A declaração de Donald Trump sobre o status de Jerusalém e seu impacto no conflito Israel-Palestinal. Carta Internacional, 15(2). https://doi.org/10.21530/ci.v15n2.2020.941