A assistência externa de promoção da democracia liberal dos Estados Unidos na América Latina:

uma observação desde a Análise das Redes Sociais (ARS)

  • Leticia Cristina Bizarro Barbosa UFFS - Universidade Federal da Fronteira Sul

Resumo

Partindo da perspectiva teórica de estadunidenses sobre o poder de penetração da National Endowment for Democracy, NED, com o discurso de ajuda externa em situações de instabilidade política, este artigo propôs-se analisar o papel da NED como uma instância do Departamento de Estado dos EUA (Estados Unidos da América) na promoção de um modelo de democracia na América Latina desde a perspectiva da sociologia relacional. Argumentou-se sobre o modelo de democracia impulsionado na política externa de baixa intensidade na América Latina. Discutiu-se a formação de redes sociais com o intuito de transmissão desímbolos e significados entre os atores e a construção de representações compartilhadas. Descreveram-se a NED, suas origens e como se deu sua participação no Equador no período de dez anos (2006-2016). Os resultados aqui apresentados são oriundos da aplicação de métodos de análise documental e de análise de redes sociais (ARS). O artigo constata um hub de organizações que trabalham em conjunto ou parceria.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
28-11-2019
Como Citar
Barbosa, L. C. B. (2019). A assistência externa de promoção da democracia liberal dos Estados Unidos na América Latina:. Carta Internacional, 14(3). https://doi.org/10.21530/ci.v14n3.2019.947