As Organizações Sindicais no Sistema Internacional de Cooperação para o Desenvolvimento

  • Mónica Salomón Universidade Federal de Santa Catarina
  • Jonathan Raphael Vieira da Rosa Bremen International Graduate School of Social Sciences

Resumo

Este artigo trata da participação das organizações sindicais no Sistema Internacional de Cooperação para o Desenvolvimento (SICD). Identifica e analisa os atores e os processos envolvidos nas políticas solidárias sindicais (Norte-Sul e Sul-Sul) conhecidas como Cooperação Sindical para o Desenvolvimento (CSD). Trata, também, do papel e do posicionamento das organizações sindicais nos debates sobre a substância e a arquitetura do SICD. Realizamos um estudo qualitativo, distinguindo o nível de análise nacional – onde a CSD é uma política sindical vinculada, em maior ou menor medida, à política governamental de CooperaçãoInternacional para o Desenvolvimento (CID) – e o nível sistêmico, no qual a CSD opera como sub-regime do SICD. Utilizamos fontes documentais das próprias organizações sindicais, literatura secundária e, para o caso da cooperação da Central Única dos Trabalhadores (CUT) brasileira, entrevistas com os responsáveis pelo Instituto de Cooperação (IC-CUT). No nível nacional, concluímos que, com exceções (entre elas a do Brasil), a CSD está bastante integrada às políticas nacionais de CID. No nível sistêmico, observamos que o movimentosindical internacional tem se esforçado para estabelecer diretrizes comuns para a CSD e para inserir suas demandas na agenda internacional sobre o desenvolvimento, em particular os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mónica Salomón, Universidade Federal de Santa Catarina
Mónica Salomón é doutora em Ciência Política (concentração em Relações Internacionais) pela Universitat Autònoma de Barcelona (1998). Desde 2010, é professora da Universidade Federal de Santa Catarina, onde coordenou o Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais (2011-2015). Lidera o Grupo de Análise de Política Externa (GAPE). É bolsista de produtividade do CNPq, nível 2.
Jonathan Raphael Vieira da Rosa, Bremen International Graduate School of Social Sciences
Jonathan Raphael Vieira da Rosa é mestre em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2015), onde lecionou no Departamento de Economia e Relações Internacionais (2015-2017). Atualmente, é doutorando no Bremen International Graduate School of Social Sciences, programa da Universidade de Bremen e da Jacobs University. É membro do Grupo de Análise de Política Externa (GAPE).
Publicado
20-08-2019
Como Citar
Salomón, M., & Rosa, J. R. V. da. (2019). As Organizações Sindicais no Sistema Internacional de Cooperação para o Desenvolvimento. Carta Internacional, 14(2). https://doi.org/10.21530/ci.v14n2.2019.949