As relações bilaterais do México com os Estados Unidos:

um balanço de 2000 a 2018

  • Cristina Soreanu Pecequilo UNIFESP- Universidade Federal de São Paulo
  • Marcela Franzoni Doutoranda e Mestra pelo Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP, UNICAMP, PUC-SP) https://orcid.org/0000-0002-7280-3318

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar as relações bilaterais do México com os Estados Unidos, de 2000 a 2018, tendo como base o ponto de vista mexicano. Embora os Estados Unidos sejam o principal parceiro do México e sua prioridade em política externa, o mesmo não se aplica à agenda norte-americana, indicando uma relação caracterizada por uma forte interdependência assimétrica. Neste intercâmbio, destacam-se temas multidimensionais como comércio, imigração, tráfico de drogas dentre outros, que possuem aderência aagendas domésticas e internacionais de ambos os países. Optou-se por apresentar a evolução destas interações em forma de cronologia histórica, que aborda tanto um panorama breve da política externa do México no século XX, como suas atualizações no pós-Guerra Fria, que indicam a passagem de uma agenda de autonomia para uma postura de alinhamento diante dos Estados Unidos. A metodologia se baseou na revisão bibliográfica sobre o tema das relações bilaterais México-Estados Unidos, na análise de documentos e discursos de membros do Executivo e de agências governamentais, na literatura especializada sobre o tema e na sistematização de dados econômicos.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina Soreanu Pecequilo, UNIFESP- Universidade Federal de São Paulo
Cristina Soreanu PecequiloProfessora de Relações Internacionais da UNIFESP, Pesquisadora do CNPq, NERINT/UFRGS, UnB e UFABC/UNIFESP
Marcela Franzoni, Doutoranda e Mestra pelo Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP, UNICAMP, PUC-SP)
Doutoranda e Mestra pelo Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais San Tiago Dantas (UNESP, UNICAMP, PUC-SP) e graduada em Relações Internacionais pela Universidade Federal de São Paulo. É bolsista pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. Durante o mestrado, realizou estágio de pesquisa na Universidade Nacional Autônoma do México  e na graduação, intercâmbio acadêmico na Universidade de Coimbra.
Publicado
28-11-2019
Como Citar
Pecequilo, C. S., & Franzoni, M. (2019). As relações bilaterais do México com os Estados Unidos:. Carta Internacional, 14(3). https://doi.org/10.21530/ci.v14n3.2019.972