Do Estado Falido à Cidade Falida

análise sobre a noção de falência como suporte à governamentalidade global

  • Natali Hoff Universidade Federal do Paraná
  • Ramon Blanco Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila)

Resumo

Este artigo analisa criticamente como o conceito de cidade falida pode dar sustentação à operacionalização de uma governamentalidade global no âmbito das cidades, por meio da consolidação de quadros epistêmicos que entendem as cidades como espaço de intervenção por parte de agentes internacionais. Por conseguinte, o artigo investiga como as noções de fragilidade e falência, quando aplicadas às análises sobre as cidades, acabam por dar sustentação à práticas internacionais que busquem moldar o comportamento das cidades e de suas populações. Para isso os conceitos de “fracasso” e “fragilidade” são problematizadose sujeitos a reinterpretações, de modo que as relações entre a produção do conhecimento e o exercício do poder possam ser visualizadas. Com o objetivo de realizar essa análise, o artigo está dividido em duas seções. A primeira apresenta a noção de governamentalidade global e a sua importância para a compreensão da política internacional. A segunda seção, por sua vez, analisa a ascensão da conceitualização de cidades falidas na segurança internacional, observando como essa conceitualização pode possibilitar que as cidades se tornem espaços de ingerência da governamentalidade global, por meio do governo como conduta da conduta. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natali Hoff, Universidade Federal do Paraná
Natali Hoff é doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência Política (PPGCP) da Universidade Federal do Paraná (UFPR), mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e especialista em Relações Internacionais Contemporâneas pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) e, também, bacharel em Relações Internacionais e Integração pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana. É integrante do Núcleo de Estudos para a Paz (NEP) da Unila e do Núcleo de Pesquisa em Relações Internacionais (NEPRI) da UFPR. 
Ramon Blanco, Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila)
Ramon Blanco é Professor Adjunto no curso de Relações Internacionais e Integração da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), onde coordena o Núcleo de Estudos para a Paz (NEP) e a Cátedra de Estudos para a Paz (CEPAZ), e atua na Especialização em Relações Internacionais Contemporâneas. É, também, Professor Permanente no Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais da mesma Universidade (PPGRI-UNILA) e no Programa de Pós-Graduação em Ciência Política da Universidade Federal do Paraná (PPGCP-UFPR). É Doutor (2013) em Relações Internacionais - Política Internacional e Resolução de Conflitos pela Universidade de Coimbra.
Publicado
03-08-2020
Como Citar
Hoff, N., & Blanco, R. (2020). Do Estado Falido à Cidade Falida. Carta Internacional, 15(2). https://doi.org/10.21530/ci.v15n2.2020.981